quarta-feira, junho 27, 2012

Horta no Terraço Série II




A vida dá umas voltas estranhas, destrói-nos as certezas expõe-nos aos fracassos e no entanto continua a abrir caminho para novos desafios.

Começar de novo é por isso a palavra de ordem.

A horta no terraço foi durante mais de um ano o meu passatempo preferido. Lembro-me das grandes alegrias. Da primeira alface colhida, dos morangos que surgiam espaçados, vermelhos, pequenos e muito doces.

Das saladas de verão com tomates que fiz crescer de pequenas sementes. As ervas de cheiro, a hortelã, um mundo de cheiros pela manhã depois da rega.

As preocupações dos fins-de-semana fora, a razia que foram as férias, e mesmo assim com muito cuidado e carinho consegui recuperar os morangueiros, replantar as alfaces, num movimento perpétuo de dar e receber para com a terra. Pouca, nos meus vasos, um cantinho de mundo.

Operou-se então uma mudança de casa, um abandono vergonhoso do meu trabalho, um momento de inaptidão para dar e receber e a horta padeceu pela falta de água e de cuidados.

Os gatos fizeram o resto e transformaram os meus vasos numa casa de banho de luxo.

Mas vou começar de novo. Recuperei os vasos, estou a planear espaços. Hoje comprei o substrato, uns pés de alface.

Nem tudo tem remédio e os meus morangueiros não terão nova vida. Mas outros nascerão em seu lugar.

Não é a melhor altura para plantar, fazer nascer… mas também isso é um desafio. Planear, montar, esperar que cresça, ver o mundo a tomar forma.

Tudo a renascer.

5 comentários:

Ana disse...

É assim mesmo Ângela. A tua vontade vai trazer de novo vida à horta. Um beijinho.

Catitas&Aromáticas disse...

Esta rapariga é uma poeta :)
Muito sucesso para a horta e para a vida. Paulo

Ângela Mendes disse...

Obrigada Ana. Espero que sim, que tudo renasça na minha vida :) Tenho visto o teu trabalho. Parabéns, belos frutos silvestre, lindos bolos, bela horta :) Bjs*

Ângela Mendes disse...

Obrigada Paulo :) Isso é elogio para me deixar muito feliz :)A nova horta ainda é só um projecto pequeno, espero fazer crescer e voltar a ter vasos bonitos como tens :)Bjs*

Catitas&Aromáticas disse...

Este tipo de hortas em vaso nao sao mais do que um passatempo, tratamo-las como filhos, vemos as plantas a crescer e a ficarem bonitas mesmo que seja só aos nossos olhos. Alimentamos , falamos com elas, protegemos :)
Agora vê tu bem em que me transformei, como ja te disse uma vez o teu blogue e a forma melodica que dizes as coisas foi a inspiraçao que me faltava, foi o que me fez por as maõs á obra desde a primavera comecei a apreciar mais as plantas , pois antes disso achava que era coisa de mulher :) Por isso Angela, se me inspiras-te e contagias-te a mim, que tenhas entao orgulho no que fazes e dizes porque tenho a certeza que já contagias-te muitas mais pessoas ;)

Muitas felicidades para ti e que a vida te sorria sempre para continuares com a mesma inspiraçao e a fazer bem ás pessoas ;)
bjo
Paulo Catita